Argo Network Leilões
Site homologado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo
CASA EM CAPELA DO ALTO/SP - área de 349,50m²
CASA EM CAPELA DO ALTO-SP
Modalidade Online
Local do leilão ONLINE
Leilão Judicial
ID: 777

Será considerado arrematante aquele que der lance igual ousuperior que a avaliação (1º leilão) ou aquele que der lance de valor igual ou superior a 60% do valor da avaliação (2º leilão). Caso não haja propostas para pagamento à vista, serão admitidas propostas escritas de arrematação parcelada, necessário sinal não inferior a 25% do valor da proposta, e o restante em até 30 meses, mediante correção mensal pelo índice do E. TJ/SP, prevalecendo a de maior valor, que estarão sujeitas a apreciação pelo MM. Juízo da causa (Art. 891, Par. único, Art. 895, § 1º, § 2º, § 7º e § 8º do NCPC). PAGAMENTO - O preço do bem arrematado deverá ser depositado através de guia de depósito judicial do Banco do Brasil S.A., através do site www.bb.com.br no prazo de até 24 horas da realização do leilão. Em até 5 horas após o encerramento do Leilão, cada arrematante receberá um e-mail com instruções para depósito (Art. 884, IV do NCPC). COMISSÃO DO LEILOEIRO – 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação (não incluso no valor do arremate), e deverá ser paga mediante DOC, TED ou depósito em dinheiro, no prazo de até 01 (um) dia útil a contar do encerramento do leilão na conta a ser informada pelo Leiloeiro Oficial. 

CASA EM CAPELA DO ALTO-SP

2ª Praça
Aberto
Abertura
Fechamento
Lance Inicial
15/Ago/2019 - 15h00
05/Set/2019 - 15h00
R$ 267.373,41
  • Número do lote: 01
  • Avaliação: R$ 445.622,34
  • Incremento: R$ 2.000,00
  • Lance Inicial: R$ 267.373,41
  • Visualizações: 205
  • Lances: 0
  • Lance Atual:
  • Arrematante:

Compartilhe!

Proc 0009408-79.2006.8.26.0624 1ª VARA DE TATUI

1º leilão - 15 de agosto de 2019, às 15:00 horas:  R$ 445.622,34

2° leilão - 05 de setembro de 2019, às 15:00 horas: R$ 267.373,41

Um imóvel localizado à Rua Prefeito José Guilherme, nº 132, Centro, Capela do Alto-SP, e seu respectivo terreno com a área de 349,50ms2, situado com frente para a Rua 25 de Janeiro, no seu lado par e na distância de 3,90m do prédio sob nº 140, no município de Capela do Alto, desta Comarca de Tatuí-SP, com as seguintes medidas e confrontações: pela frente onde mede 11,30m confronta com a referida Rua 25 de Janeiro; pelo lado direito de quem desta Rua olha para o imóvel, em 30,00m com José Alves de Oliveira e seus filhos; pelos fundos em 12,00m, com Dorentina Maria da Conceição e Benedita Maria da Conceição e finalmente pelo lado esquerdo com 30,00m, com Celso Carlos Demartini, sucessor de Dorentina Maria da Conceição e Benedita Maria da Conceição, matricula 50.433 do Registro de Imóveis de Tatuí/SP; Consta conforme AV.9, penhora da parte ideal pertencente a Luiz Quevedo, autos 0004498-04.2009.8.26.0624, movida pelo Ministério Publico do Estado de São Paulo e outro, em tramite na 1ª Vara Cível de Tatuí/SP; conforme AV.11, penhora nos autos 0013204-10.2008.8.26.0624, movida pelo Ministério Publico do Estado de São Paulo e outro, em tramite na 1ª Vara Cível de Tatuí/SP; conforme AV.13, registro da penhora exeqüenda; conforme AV.14, penhora nos autos 5972-73.2010, movida pelo Município de Capela do Alto, em tramite no SAF – Serviço Anexo das Fazendas de Tatuí/SP; conforme AV.15, penhora nos autos 1329-43.2008, movida pelo Município de Capela do Alto, em tramite no SAF – Serviço Anexo das Fazendas de Tatuí/SP; conforme AV.17, penhora da parte ideal, autos 0013617-86.2009.8.26.0624, movida pelo Ministério Publico do Estado de São Paulo, em tramite na 1ª Vara Cível de Tatuí/SP;

Artigo 843 NCPC - Tratando-se de penhora de bem indivisível, o equivalente à quota-parte do coproprietário ou do cônjuge alheio à execução recairá sobre o produto da alienação do bem.

§ 1º É reservada ao coproprietário ou ao cônjuge não executado a preferência na arrematação do bem em igualdade de condições.

§ 2º Não será levada a efeito expropriação por preço inferior ao da avaliação na qual o valor auferido seja incapaz de garantir, ao coproprietário ou ao cônjuge alheio à execução, o correspondente à sua quota-parte calculado sobre o valor da avaliação;

AVALIAÇÃO – Fls.1506: R$435.000,00 (Novembro/2018);

VALOR ATUALIZADO EM AGOSTO/2019: R$ 445.622,34;

DÉBITO EXEQUENDO: R$272.824,04;

-
-

Fechamento em

16

Dias

01

Horas

26

Minutos

30

Segundos

Área de Lances
Data / Hora Valor do lance Total a pagar Login do usuário Tipo de lance Lances Ofertados
Nenhum lance registrado até o momento
-

DÉBITOS e OBRIGAÇÕES DO ARREMATANTE - Eventuais débitos de IPTU/ITR e demais taxas e impostos até a data do leilão serão pagos com o produto da venda, mediante apresentação de extrato pelo arrematante ao MM. Juízo da causa (Art. 130, Par. Único do CTN). Os débitos de natureza hipotecária seguirão o disposto no artigo 1499, inciso VI, do C.C., ou seja, será extinto, desde que o credor tenha sido devidamente notificado/cientificado. O bem será alienado no estado de conservação em que se encontra, sendo a verificação de documental, de gravames/credores e de área de responsabilidade do arrematante, que será responsável pelo eventual regularização que se faça necessária. Os atos necessários para a expedição de carta de arrematação, registro, ITBI, imissão na posse e demais providências serão de responsabilidade do arrematante (Art. 901, “caput”, § 1º e § 2º e Art. 903 do NCPC). Os valores de avaliação e débitos serão atualizados até a data da efetiva praça. Em caso de inadimplemento, tal informação será encaminhada ao MM. Juízo competente para a aplicação das medidas legais cabíveis.